Friday, March 27, 2015

o charco dos consolos mundanos

"Por que te debruçares a beber no charco dos consolos mundanos, se podes saciar a tua sede em águas que saltam para a vida eterna?"
JOSÉ MARIA ESCRIVÁ,
CAMINHO, 148