Saturday, November 14, 2015

Mireille Mathieu, "La Marseillaise"

Avante, filhos da pátria
O dia da glória chegou
Contra nós a tirania
A bandeira ensaguentada é levantada
A bandeira ensaguentada é levantada
Ouvi nos campos rugirem
Esses ferozes soldados?
Vêm eles até nós
Degolar nossos filhos, nossas mulheres

Às armas cidadãos! Formai vossos batalhões!
Marchemos, marchemos!
Que a terra se sacie de sangue impuro!

Franceses, em guerreiros magnânimos
Levem, carreguem ou suspendam seus tiros!
Poupem essas tristes vítimas
Que contra nós se armam a contragosto
Que contra nós se armam a contragosto
Mas esses déspotas sanguinários
Mas esses cúmplices de Bouillé
Todos esses tigres que, sem piedade
Rasgam o seio de suas mães!

Às armas cidadãos! Formai vossos batalhões!
Marchemos, marchemos!
Que a terra se sacie de sangue impuro!

Amor sagrado pela pátria
Conduza, sustente nossos braços vingativos.
Liberdade, querida liberdade!
Combata com teus defensores
Combata com teus defensores
Sob nossas bandeiras, que a vitória
Chegue logo às tuas vozes viris!
Que teus inimigos agonizantes
Vejam teu triunfo e nossa glória

Às armas cidadãos! Formai vossos batalhões!
Marchemos, marchemos!
Que a terra se sacie de sangue impuro!