Friday, December 11, 2015

um esgoto em forma do mapa do Brasil


Esgoto jorrando na Barra da Tijuca, a menos de um ano dos Jogos Olímpicos

"Ele não conseguia dar nome ao que queria da vida. Sentia-a o ali, nessa solidão selvagem. Entretanto, não encarava a natureza com a alegria de um animal saudável, como um ambiente final e apropriado. Encarava o com a alegria de um homem saudável, como um desafio, como instrumentos, meios e materiais. Portanto, sentia RAIVA POR ENCONTRAR A EXALTAÇÃO SOMENTE EM UMA REGIÃO DESABITADA, e porque tinha que perder esse grande senso de esperanca quando voltasse aos homens e ao trabalho dos homens. Pensou que isso não estava certo; que o trabalho do homem deveria ser um passo mais elevado, um aperfeicoamento da natureza, não uma degradação. Ele NÃO QUERIA DESPREZAR OS HOMENS; QUERIA AMÁ-LOS E ADMIRÁ-LOS. Mas temia a visão da primeira casa, ou do salão de sinuca, ou do pôster do filme que encontraria em seu caminho".
AYN RAND,
A NASCENTE, vol. II